Domus Petra - Fortalecendo Você!

Amigo Verdadeiro!

Amigo Verdadeiro!

Tratando-se de amizade encontramos uma infinidade de textos, poemas, frases e artigos que abordam o tema. E que normalmente apresentam uma visão muito linda, bacana, e por que não dizer, até romântica do assunto. São inúmeras as frases de efeito, comparações fantasiosas e até lúdicas, sempre falando das maravilhas da amizade.


E tudo bem quanto a isto! Contudo, é comum se observar alguns erros conceituais em relação ao verdadeiro significado da amizade. E principalmente, há pouca lucidez ou coragem para se falar sobre o que é um Verdadeiro Amigo!

O principal erro está na interpretação de que o amigo é aquela figura que sempre nos coloca "prá cima", de alto astral. Atribuímos a amizade sempre a um sentimento positivo, de amenidades e alegrias. Isso porque estamos nos tornando cada vez mais imediatistas, olhando apenas o curto prazo. Felicidade no curto prazo, prazer a curto prazo, e por aí vai...

Não necessariamente o amigo de verdade ri conosco. Às vezes ele nos faz chorar, com verdades duras que não gostaríamos de ouvir. Verdades que no longo prazo salvarão nossas vidas ou no mínimo evitarão muita dor e sofrimento. E só um grande amigo tem a coragem e a honestidade para falar essas verdades difíceis.

Para começar, o verdadeiro amigo dá a vida por nós. Literalmente, se necessário for! É forte. Mas essa é a realidade.

O verdadeiro amigo nem sempre dá risadas conosco, porque se a risada for por motivos incorretos, é ele quem irá nos "puxar a orelha" e nos falará umas poucas e boas. O verdadeiro amigo está sempre zelando por nós, até mesmo sem que saibamos muitas das vezes.

A amizade verdadeira não se baseia em circunstâncias nem em conveniências. E quando diante de um aperto ele não vai fugir da sua responsabilidade, nem vai mentir para se safar.

O verdadeiro amigo não é comparsa. Para o verdadeiro amigo o certo é o certo, e o errado é o errado. Ainda que ele permaneça ao nosso lado mesmo quando estamos errados, ele fará de tudo para impedir de cairmos no erro. Ele permanece conosco, mas não compactua dos erros.

Já o comparsa nos bajula, vive nos elogiando, puxa nosso saco à revelia, mas na hora "H"... cadê ele!?  O comparsa tem "segundas" intenções, lê-se: conveniências.

As intenções do verdadeiro amigo são unicamente proteger, cuidar, zelar, ser fiel e falar a verdade mesmo que isso seja doloroso. Ele mostra onde estamos errados mesmo que isso não seja popular. Uma palavra agradável pode ser questionável, mas uma palavra honesta é sinal de uma amizade verdadeira.

Qualquer um pode ficar ao nosso lado quando estamos certos, mas um amigo verdadeiro permanece ao nosso lado mesmo quando estamos errados. E nem por isso ele compartilha do erro, e sim nos ajuda a sair dele.

Um amigo verdadeiro é alguém que crê em nós, mesmo quando nós perdemos a fé em nós mesmos.

Um verdadeiro amigo é alguém que nos conhece exatamente como somos, compreende o que temos passado, nos acompanha bem de perto em nossas vitórias e fracassos, celebra nossas alegrias e compartilha nossa dor. E jamais nos julga pelos nossos erros, porque ele sofre junto, morre junto e dá a vida se preciso for.

Por isso pode-se dizer que existem amigos e AMIGOS. Esse último, o verdadeiro, é bem raro, e normalmente podemos contar com os dedos de uma só mão. E por incrível que pareça, muitas vezes o valorizamos bem aquém do que deveríamos.

Então, curta bastante seus amigos. Curta muito, todos eles.

Mas principalmente curta e valorize o verdadeiro amigo. É ele quem vai estar contigo até o fim! Até o Fim!